Archive for Blogs

O que é melhor: Blogs ou Vlogs?

Você já deve ter percebido que vivemos em uma era em que os maiores produtores de conteúdo são na verdade os próprios consumidores. Sim, são pessoas como eu e você que, ao mesmo tempo em que buscam aprender mais na web, também deixam suas contribuições nas mais diversas formas. E duas dessas formas de contribuir que ultimamente estão rolando por aí são os blogs e os vlogs. Mas o que serão essas sopas de letrinhas e por que elas têm redefinido a web?

O blog, uma redução das palavras web log, trata-se de toda forma de registro de informações de forma periódica (diariamente, semanalmente ou mesmo ad hoc) que uma pessoa ou empresa pode fazer em um espaço publicado na web. E não são poucas as plataformas, gratuitas e pagas, que facilitam o trabalho de quem quer ser um blogueiro e assim contribuir um pouco mais com a geração de conhecimento digitalizado.

Já o vlog vem da redução das palavras video log e possui papel similar ao blog, mas enquanto o anterior refere-se a todas as formas de registro (e a mais usada lá é a textual), o vlog foca em registros somente no formato de vídeo. E essa restrição apresenta, claro, suas vantagens e desvantagens.

Enquanto blogs podem representar uma forma mais rápida de atualizar informações na web, vlogs estão crescendo cada vez mais, na medida em que o acesso à Internet está mais barato e mais ferramentas para facilitar a criação e publicação de vídeos são oferecidas. Hoje, você pode gravar vídeos com qualidade razoável em qualquer celular, subi-los para o YouTube ou outro canal de distribuição de vídeos e em questão de segundos seus seguidores saberão que há informação nova na área.

Entretanto, vlogs não são perfeitos: ainda não há uma forma automatizada de indexar e “rankear” o conteúdo presente em vídeos, da mesma forma como já acontece com conteúdo em texto, então este é um dos desafios ainda em aberto para facilitar o acesso de todos à informação de qualidade. Mesmo assim, não se torna um grande empecilho, já que vídeos podem se utilizar de antigas técnicas para identificação do assunto tratado que eram antes empregadas nos conteúdos textuais, como as tags e meta tags.

DICA:Está na dúvida de ter um blog ou um vlogw? Pois não fique! Comece um blog, publique alguns textos e vídeos e descubra qual formato mais de encaixa nas suas necessidades de expressão!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Blogging for money – seu caminho para o sucesso


Você provavelmente já sabe que há muita gente ganhando dinheiro na web, seja por meio de lojas virtuais, prestando serviços como consultor ou por meio de websites com “micro-serviços”, como o fiverr.com, por exemplo. Mas o que você não sabe é que apesar de muitos dizerem que blogs hoje ganham menos que há alguns anos atrás – e isso infelizmente é verdade -, esta ainda é uma excelente oportunidade para quem está começando nesse negócio de “ganhar dinheiro na Internet”.

Quanto é possível ganhar? Como se ganha tal dinheiro? Quem estará pagando por isso? O que é preciso fazer? Bem, estas são somente algumas das várias perguntas que rodeiam a mente de quem está começando e está decidido a atuar no mundo do blogging, mas ainda não sabe bem como transformar isso em uma segunda renda ou até mesmo em uma profissão.

Bem, há vários caminhos para se ter seu próprio blog: por meio de serviços para criação de blogs gratuitos como blogger.com, wordpress.com e webnode.com, bem como por meio de uma hospedagem própria. Cada uma delas possui suas vantagens e desvantagens e, se você está querendo somente “experimentar” o mundo do blogging, então talvez você deseje começar com o blogger.com. Outro ponto importante é como o dinheiro entrará no negócio. Se você não possui produtos próprios, é bem provável que deseje vender espaço publicitário em seu blog tal que possa ganhar algum dinheiro exibindo publicidades de terceiros.

E apesar de muitos falarmos sobre a importância de registrar um bom domínio, o primeiro passo é, na verdade, a escolha do nicho. Se você escolher um bom nicho, todo o seu trabalho, em algum momento, será devidamente recompensado. Entretanto, se escolher um nicho ruim, é bem provável que daqui a alguns anos ainda não esteja vendo o dinheiro entrar como desejaria!

Procure um bom nicho, com bom volume de buscas, alto interesse por parte dos anunciantes – Google Keyword Tools pode ajudá-lo nisso – e baixa concorrência nos motores de busca. É, isso não é tão simples quanto alguns gostariam, mas é o jeito certo para se chegar no resultado que se deseja.

Crie um blog em torno de um assunto sobre o qual você gosta de falar ou que pelo menos tenha interesse em estudar, aprender. Antigamente, bastavam meia dúzia de páginas para destacar-se bem à frente da concorrência. Hoje, nós trabalhamos com volumes bem maiores de artigos publicados constantemente em nossos blogs e websites.

Lembre-se também de identificar “subnichos”, isto é, temas dentro do tema escolhido. Suponhamos que o seu nicho é “perder peso”, então você poderia falar sobre dietas para emagrecer, exercícios para perder a barriga e outros subtemas. Isso é importante, pois quanto maior a sintonia entre o seu nicho e aquilo que você escreve, melhor será a sua reputação, não somente perante visitantes, mas também diante dos motores de busca.

E escrever somente não será o suficiente, você também precisa “marketear”, isto é, divulgar o seu blog. Há vários canais na própria blogosfera onde você pode divulgar o seu trabalho, além de redes sociais onde podemos facilmente compartilhar aquilo que escrevemos com outras pessoas. Sendo assim, alguns canais que você pode utilizar-se em sua estratégia de marketing são o Dihitt, Do Melhor, Orkut, Google+, Facebook, Twitter e Pinterest. Claro, estas são somente algumas das muitas opções. E você não precisa estar realmente em todas elas, mas é sempre bom já ter o seu perfil cadastrado em cada uma delas, como uma forma de “proteger a sua marca”.

Isto não é o que podemos chamar de “the ultimate guide to blogging”, mas é mais uma ferramenta que você pode utilizar para saber quais devem ser os seus primeiros passos. E agora desejo-lhe sucesso em sua empreitada!

Se você gostou deste artigo, que tal...

O que é melhor: Blogs ou Vlogs?

Criando blogs de qualidade

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Criando blogs de qualidade

Quando você cria um blog, você não quer somente mais um blog – ou pelo menos você não deveria! – , você quer algo mais, você quer um blog de qualidade, com pessoas de verdade lendo-o! O melhor jeito para criar um blog de qualidade é, claro, entender o que realmente faz um blog ser realmente lido, que mecanismos são usados não somente para atrair visitantes, mas também para torná-los leitores leais.

Como ponto de partida, lembre-se de que você jamais pode estar desatento quanto às últimas tendências e notícias no nicho do seu blog. Por exemplo, vamos supor que você está criando blogs sobre saúde, então você precisa estar sempre atento às últimas novidades na área de saúde. Pode ser importante aqui, por exemplo, conhecer os especialistas mais influentes na área, quais as novas pesquisas em andamento, etc.

Participar das redes sociais também é importante, mas não deve ser feito de qualquer forma. Não basta simplesmente criar contas de usuário no Twitter e no Facebook e associá-las ao seu blog para a publicação automática das notícias naquelas redes. Isso é muito fácil e pode-se dizer que todos os blogueiros sérios já o fazem. Precisa dar um passo além e estar sempre em contato com seus leitores, criar um círculo de amigos e parceiros naquelas redes que o ajudem não somente na divulgação de seus blogs, mas também na formação de novas parcerias. É importante ser ativo nas principais redes sociais a fim de construir sua reputação.

E por falar em interação com leitores, lembre-se que o seu blog é o seu principal canal para a interação com eles! Então não o torne somente um lugar para “depositar” artigos, inicie enquetes, peça sugestões por meio de comentários, incentive discussões dentro e fora de seu blog! E ao menos uma vez por mês, pergunte-se: como posso melhor servir meus leitores? O que posso fazer para torná-los mais satisfeitos?

E sempre pergunte a todos o que acham de seu blog. É legal perguntar a familiares e amigos, claro, mas eles são bem mais suscetíveis a somente dizerem-lhe “palavras bonitas”, não comentando sobre seus defeitos, então pergunte aos seus leitores. Veja o que todos têm a dizer. E você deveria ouvir a opinião de todas as pessoas, principalmente aquelas opiniões que você não gosta muito, aquelas que fazem críticas um pouco mais “pesadas”. Encare-as de uma forma mais construtivista e tente, assim, encontrar meios de melhorar seu blog.

E lembre-se sempre que, apesar de parecer que o seu blog é o seu palco, na verdade a grande estrela é a sua plateia, isto é, todos aqueles que visitam o seu blog, e portanto é a eles que você deve servir da melhor forma possível! Ter o foco em seu leitor com certeza o ajudará a criar blogs de qualidade!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS