Fluxo de Caixa em pequenos negócios

Fluxo de Caixa é o controle financeiro feito dentro da empresa através do cálculo das entradas e saídas monetárias. Seu objetivo é proporcionar ao empresário uma visão sobre sua movimentação financeira, tendo como base seus pagamentos e recebimentos diversos entre um determinado período que pode ser diário, semanal, mensal, etc, variando de acordo com o projeto da empresa.

Muitos empreendedores consideram necessária a inserção de um Fluxo de Caixa na empresa somente quando esta é de grande porte. Enganam-se profundamente. Para os micro e pequenos empreendedores o Fluxo de Caixa é tão importante quanto para as grandes empresas para que sua empresa possa manter-se no mercado competitivo atual. Não fazer um Fluxo de Caixa regularmente em uma pequena empresa é como caminhar rumo ao desconhecido.

Os pequenos empreendedores devem tratar o assunto com muita importância, pois somente um Fluxo de Caixa atualizado poderá dar as previsões necessárias para futuros empreendimentos ou necessidades de mudanças dentro da empresa. Este processo é capaz de determinar o seu sucesso ou o seu fracasso diante do mercado porque pode viabilizar o planejamento de pagamentos nas datas corretas, evitando assim taxas de juros; criação de saldos para eventuais despesas que possam ocorrer durante os projetos; viabilidade de novos projetos e ampliação dos já existentes e controle de um ponto de equilíbrio entre as movimentações financeiras de entrada e saída. Além disso, o Fluxo de Caixa pode ajudar a compreender diversos fatores dentro da empresa como tributos, necessidades de investimentos em Marketing e Propaganda, o que está sendo desperdiçado, os gastos que podem ser diminuídos, necessidade de novos colaboradores ou excesso dos mesmos, entre outros.

Para fazer um Fluxo de Caixa a empresa precisa ter claramente todos os montantes de entrada (empréstimos, contas a receber, dinheiro de sócios), saída (despesas da administração, contas a vista e a pagar, pagamento de empréstimos) e projeções em mãos.

Para que todas as informações possam ser de fácil acesso no momento de realizar o Fluxo de Caixa, a empresa pode armazená-las em uma planilha de Excel, o que não necessita de operações técnicas complicadas. A Internet disponibiliza o download de planilhas prontas e também de softwares que trabalham desta forma. Para quem não possui afinidade com programas financeiros, a planilha em Excel torna-se vantajosa devido a sua baixa complexidade.

O sucesso do Fluxo de Caixa depende de disciplina e planejamento. Para obter melhores resultados é indicado que o pequeno empreendedor faça uma projeção de no mínimo três meses com dados diários para que seja calculado o saldo final de cada dia, que nada mais é do que o saldo inicial que havia em caixa somado às entradas menos as saídas que houveram no dia. É importante também registrar quais recebimentos foram feitos em dinheiro, cartão de crédito e cheque.

Seguindo todas estas recomendações, aumenta-se a porcentagem de sucesso de uma pequena empresa e a probabilidade dela vir a tornar-se uma grande empresa. São passos simples, mas que só poderão ser realizados se reconhecida a importância do Fluxo de Caixa em pequenos negócios.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Quer receber dicas sobre como ganhar dinheiro em seu e-mail e "de quebra" baixar o e-book "Manual do Investidor"?

E-mail:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Email
Print